04 dezembro, 2016

Callado, António - Esqueleto na Lagoa Verde

Um ensaio sôbre a vida e o sumiço do Coronel Fawcett. Rio de Janeiro. Brasil. 1953. In-4.º de 99 págs. Br. Ilustrado com fotos e mapas em extra-texto. [Em 1925, o coronel britânico Percy Harrison Fawcett tentou encontrar no interior do Brasil uma fabulosa cidade perdida no sertão. Não era a primeira vez que procurava a Atlântida tropical, mas foi a última. Fawcett e os seus companheiros de expedição desapareceram na mata. Vinte e sete anos mais tarde, em 1952, o jornalista Antonio Callado esteve na região do Xingu, numa viagem organizada pelos Diários Associados, de Assis Chateaubriand. Graças ao sertanista Orlando Villas Boas e aos índios calapalos, chegaram ao local onde presumivelmente se encontrava a cova com os ossos do coronel. Esqueleto na lagoa verde é um dos mais fascinantes relatos jornalísticos já feitos no Brasil, e a experiência no Xingu serviu de inspiração para o romance Quarup, publicado por Callado em 1967. Ao reconstituir os passos do explorador britânico, e de outros que procuraram decifrar o sentido de sua obsessão, Callado produziu uma reportagem incomum sobre o sonho de um vitoriano nos trópicos, sobre o encontro com os índios, sobre um país que ainda estava por se descobrir e sobre a própria arte de fazer jornalismo]. Primeira edição. Bom exemplar. 
€ 20,00

Sem comentários:

Enviar um comentário