17 dezembro, 2014

Leal, Gomes - A Mulher de Luto

Processo Ruidoso e Singular. Lisboa, Livraria Central de Gomes de Carvalho, editor, 1902. In-8.º de 202-VI págs. Encadernação editorial. [Poema de Gomes Leal, datado de 1902, dedicado à memória de sua irmã, Maria Fausta, falecida em 1875. Trata-se da narração em verso de um processo "ruidoso e singular", rodeado de mistério e de ocultismo, de que o autor diz ter tido conhecimento em Madrid, quando assistiu às bodas de D. Afonso XII. No prefácio, Gomes Leal faz questão de sublinhar a autenticidade do caso, afirmando ter-se limitado a dar aos factos "a forma mnemónica da rima"]. Primeira edição. Exemplar em bom estado.
€ 45,00

Sem comentários:

Enviar um comentário