11 janeiro, 2018

Atlas Universal Diogo Homem

Moleiro Editor, S. A., Barcelona, 2002. Prefácios: "A Cartografia Portuguesa na Época dos Descobrimentos" por Alfredo Pinheiro Marques. "O Atlas Universal de Diogo Homem" por Ludmila Kildushevskaya. In-Fólio de 331-I págs. Encadernação editorial em tela com gravações a seco e sobrecapa policromada. Profusamente ilustrado a cores. [Os meados do século XVI marcam uma época, correspondendo sensivelmente ao momento em que ficou consumado o ciclo dos mais significativos descobrimentos geográficos mútuos, e o Planeta ficou basicamente conhecido para os europeus tal como é hoje (com excepção de algumas zonas demograficamente menos significativas). Não é por acaso que este decisivo ciclo da História dos Descobrimentos correspondeu a um importante ciclo da História da Cartografia. A obra cartográfica de Diogo Homem – o mais prolífico dos cartógrafos portugueses – constitui o mais emblemático exemplo da amplitude e da valia excepcional da cartografia náutica produzida no Ocidente Ibérico no século XVI. O belíssimo atlas de Diogo Homem, datável de 1565, ficará para sempre como uma das mais brilhantes realizações desta cartografia]. Edição bilingue Português / Inglês. Exemplar como novo. 
€ 90,00

Sem comentários:

Enviar um comentário